Arquivo da tag: onde comer em Ponta Grossa

Consumo presencial em restaurantes cresce com força; delivery se mantém

Enquanto o delivery se desenvolveu e cresceu durante os dois anos de pandemia, neste momento, é o consumo de alimentos nos espaços físicos que está ganhando força. Dados divulgados pela Visa Consulting & Analytics (VCA) comparam os pagamentos pela credencial Visa feitos no primeiro trimestre de 2021 com o mesmo período de 2022 no Brasil. O resultado da análise foi um crescimento de 90% nas transações presenciais.

Apesar do aumento representativo neste formato, o estudo constatou que as vendas de restaurantes por meio do delivery não decaíram, mas também não cresceram. Na realidade, os consumidores continuaram pedindo nesta modalidade, mantendo a média como a do ano passado.

Em Ponta Grossa, o empresário Carlos Nascimento Dal Gobbo também sentiu essa movimentação. Ele é proprietário da Up Tecnologias, uma empresa de sistemas especialista no ramo FOODS, que atua com aplicativos de delivery e de operação no salão em dezenas de restaurantes da cidade e região.

Segundo ele, no começo da pandemia, a empresa perdeu diversos clientes que tinham apenas funcionamento no salão. “Agora, inverteu o processo, estamos perdendo clientes que trabalham exclusivamente com delivery, pois cada vez mais as pessoas estão querendo consumir no estabelecimento”, revela.

Mesmo assim, ele acredita que o delivery ainda continua sendo uma forma de exponencializar a demanda dos restaurantes, por exigir uma estrutura menor, atendendo mais clientes. “Porém, este mercado está competitivo. É necessário inovar”, afirma Dal Gobbo.

Adaptação e inovação

Diante da situação que foi se apresentando no começo de 2020, com lockdown na Europa e os casos de Covid-19 começando a chegar no Brasil, a Up Tecnologias passou a desenvolver um sistema exclusivo para delivery. Até então, era um aplicativo integrado.

“Em pouco tempo, lançamos um sistema 100% delivery, com integração com iFood, interface intuitiva, pagamento online, integração com Google Maps, entre outras funções que facilitam a gestão e os processos dos donos de restaurante, em uma única plataforma”, explica o proprietário da empresa. Com isso, estavam prontos para atender a demanda.

O restaurante italiano Tomate Seco foi um dos que precisaram desse auxílio. “No início da pandemia, todos ficamos muito apreensivos, pois o movimento zerou da noite para o dia”, lembra o proprietário Denis Gomes Frauches.

O restaurante foi inaugurado em agosto de 2019. Foram poucos meses até ter de fechar as portas, por conta dos decretos. Apesar do delivery do Tomate Seco já existir, ainda estava no começo.

“Juntamos todos da equipe e traçamos uma meta mínima, para todos sobreviverem sem que tivéssemos cortes”, revela. E deu certo. Aos poucos, o delivery começou a aumentar, lado a lado com a evolução no sistema de informática e atendimento. Hoje, o funcionamento está normalizado, com a Up presente no salão e nas entregas.

Já a hamburgueria Feliz Burger sentiu o impacto da pandemia de forma diferente. O proprietário André Gonçalves comenta que o delivery já funcionava muito bem antes e se manteve assim na unidade de Carambeí. A diferença foi o ticket médio que reduziu, já que no salão os clientes acabam consumindo bebidas e sobremesa e, no delivery, pedem apenas lanches.

Mas foi no meio da pandemia que ele se desafiou. Em junho de 2021, decidiu abrir um delivery da Feliz Burger em Ponta Grossa, na Vila Estrela, e contratou a Up para executar o sistema. “Muita gente passou a gostar mais do delivery, descobriu o delivery e acabou se apaixonando por isso”, afirma o proprietário, após analisar o comportamento dos clientes. 

Com as liberações dos decretos e a volta das pessoas aos restaurantes, Gonçalves percebeu uma nova movimentação. “Temos um balcão com 5 banquetas criado para esperar o lanche ficar pronto, só que tinham dias que fazia fila pra consumir no balcão. Então a gente começou a perceber um potencial muito grande de consumo no local”, comenta. Assim, ele decidiu dar dois passos adiante.

De forma estratégica, transferiu a unidade de Carambeí para a região do Contorno, onde a oferta de hamburguerias é baixa, e construiu a fábrica da Feliz Burger juntamente ao atendimento no salão e delivery. E, agora, segue com o processo de finalização da reforma da unidade da Vila Estrela para instalação do salão.

Ter um sistema é decisivo  

Segundo Gonçalves, o sistema da Up “contribuiu muito para tomar essas decisões e fazer o negócio rodar muito bem”. O dono da Feliz Burger destaca o suporte, que é “fora da curva”. Quando o atendimento está no pico e, por algum motivo, para de funcionar, a equipe está disponível para atender. “A maioria dos sistemas não dá esse suporte, e eles dão”, ressalta.

Esse mesmo ponto é evidenciado pelo proprietário do Tomate Seco, que sentiu seu restaurante se modernizar com o sistema. “Hoje não conseguimos atender nossa demanda [espaço físico e delivery] sem a utilização do sistema da Up. Nos atendem 24 horas, coisa única hoje em dia”, reforça Frauches.

Dal Gobbo salienta que o suporte da Up é realizado todos os dias da semana, de forma ágil, para atender as necessidades mais urgentes dos restaurantes. “Seja no delivery ou no salão, a demanda existe, e a gente precisa estar atento, dando esse auxílio”, finaliza.